Todos os post de belezasolidaria

Inoar realiza primeiro treinamento de logística reversa para resíduos capilares, para salões de beleza, em parceria com o Instituto Chico Mendes

Ação do Projeto SUSTENTABÊLO aconteceu no dia 4 de julho, no salão Beautique, em São Paulo

São Paulo, 05 de julho de 2018 — A Inoar, empresa brasileira de produtos cosméticos, em parceria com o Instituto Chico Mendes, realizou o primeiro treinamento do Projeto SUSTENTABÊLO, uma revolução na questão da responsabilidade compartilhada e compromisso social, através de uma logística reversa efetiva, pioneira no Brasil, considerando os descartes de forma correta para os cabelos que são cortados em salões de beleza. A ação aconteceu ontem, dia 4 de julho, no salão Beautique, em São Paulo, e foi acompanhada por Joe Rocha, educador da Academia Inoar, e Karina Bruna, do Instituto Chico Mendes.

Screen Shot 2018-07-04 at 18.28.22

Alinhados com os pilares de respeito ao meio ambiente da Inoar, e levando em conta que não há ainda uma logística reversa efetiva no Brasil e descarte correto para os cabelos que são cortados em salões de beleza, a Inoar deu início a este projeto pioneiro para ser aplicado em salões.

“Este treinamento visa a capacitação da equipe do salão para o correto manuseio com os descartes (cabelos cortados) e o acondicionamento apropriado dos fios descartados. Além disso, o staff recebeu uma cartilha e uma certificação oferecida pela Inoar e Instituto Chico Mendes, bem como a outorga e chancela de que o projeto foi implementado com sucesso. Esta ação envolve toda a cadeia de stakeholders, tanto nas questões tangíveis como o processo de coleta dos resíduos capilares, quanto nas questões intangíveis de valores fundamentados no ciclo virtuoso que se formará através deste trabalho de preservação do meio ambiente”, reforça Inocência Manoel, da Inoar Cosméticos.

Screen Shot 2018-07-04 at 18.29.49

Inoar
www.inoar.com
Facebook: Inoar Brasil
Instagram: @InoarBrasil

Beleza Solidária Inoar
Facebook: Beleza Solidária INOAR

Produto profissional com ácido glioxílico é destaque do 5º Congresso Cabelo & Ciência

Painel da representatividade também é destaque em evento promovido pela INOAR Cosméticos.

O 5o Congresso Cabelo & Ciência, promovido pela Inoar Cosméticos, foi dividido em dois momentos. A primeira parte foi focada na importância do afroempreendedorismo, a apresentação de um estudo sobre o impacto do alisamento na estrutura dos cabelos caucasianos e afro e a apresentação de lançamentos da marca na linha Thermoliss Profissional: produtos multifuncionais que tratam todos os tipos de cabelos. O destaque foi o lançamento internacional do Thermoliss Shampoo Alisante Vegano, que traz ácido glioxilico como principal ativo e que pode ser utilizado em diferentes situações: do cacheado ao liso. Outro destaque da tarde foi o Painel Representatividade que reuniu o Gestor da Casa Florescer, Alberto Silva; a atleta de natação paralímpica e farmacêutica formada pela USP, Maiara Barreto; a medalhista de prata no Mundial de 2014, Aline Silva (foto de capa da matéria); e o cabeleireiro especialista em cabelos crespos e cacheados e em transformação capilar, Wally Custódio.

36258440_1557916774315105_8543340068058693632_o

Na primeira parte do Congresso, a Inoar Cosméticos apresentou o Inoar Thermoliss Shampoo Alisante Vegano, que traz diversos benefícios aos fios por causa do ácido glioxílico presente em sua composição. “A Inoar é contra a ditadura dos cabelos, seja ela qual for. Temos que ter liberdade de escolha. Por isso, depois de muita pesquisa chegamos a umproduto multifuncional, que não apenas alisa ou trata o frizz, mas tem a função hidratante e reconstrutora. Quando não há calor envolvido no processo de uso, o shampoo não alisa, podendo ser usado em todos os tipos de cabelos sem mudar a sua estrutura. Um dos maiores benefícios é que o seu pH é ácido, fechando a cutícula dos fios”, explica Inocência Manoel, da Inoar Cosméticos.
Direcionado para uso profissional, no Brasil a novidade ainda não tem data para ser lançada, por causa de uma restrição sobre o uso do ácido glioxilico com a função alisante pelo órgão regulador. Segundo Inocência Manoel, o produto será exportado para dezenas de países e tem gerado grande expectativa justamente por ser multifuncional. Responsável pelos pedidos de registro deste ingrediente como alisante/transformador no mercado brasileiro, a Inoar desenvolveu um produto inovador, uma grande descoberta da indústria brasileira.

Diversidade x Beleza

A importância da Representatividade no mercado cosmético e o impacto da beleza, além da importância de se ver representados nos mais diferentes cenários, foram discutidos e ilustrados pela história dos convidados da Inoar. Aline Silva , dona do melhor resultado no país na história do Wrestling e responsável por um projeto social com meninas que têm aulas de luta, inglês e são empoderadas, pediu que as marcas mostrem a força da mulher, sua independência e não apenas sua beleza exterior.

E quando pensamos em beleza exterior, a identificação com o estilo, cabelo, a personalidade de cada um deve ser respeitada. “Eu sou negro e há 15 anos assumi meus cabelos. Tem gente que acha legal, outros criticam, mas é assim que me enxergo. É muito importante, principalmente no movimento afro, que haja educação, direcionamento. Se no passado, o alisamento era uma ditadura, hoje não podemos deixar que o natural também se torne uma obrigação. Muitas pessoas de pele clara têm cabelos cacheados ou crespos, não é só uma questão de pele. Por isso, é preciso que haja identificação, equilíbrio e empoderamento. Ao assumir nossa própria identidade, serviremos de exemplo e de inspiração para outras pessoas”, reforçou Wally Custódio, cabeleireiro especialista em cabelos crespos e cacheados e em transformação capilar, que foi muito aplaudido.

Segundo Inocência Manoel, da Inoar Cosméticos, ver os mais diferentes tipos de pessoas representadas por marcas e na mídia, não só permite sonhar e criar novas possibilidades, como também ajuda a entender quem somos. “É importante ver mulheres, negros, LGBTs, pessoas com deficiência e outros grupos ocupando mais espaços para que o sentimento de pertencimento ganhe cada dia mais e mais perfis, com toda sua complexidade, dentro da nossa sociedade”, reforça.

Em 2015, a atleta de natação paralímpica Maiara Barreto foi modelo de uma campanha da Inoar Cosméticos e falou sobre a importância da mídia trabalhar com o diferente. “Por causa do acidente que sofri, fiquei tetraplégica e precisei reaprender tudo. Hoje sou independente, mas a verdade é a que as empresas e marcas muitas vezes não nos enxergam. Já passei por situações que me geraram frustração. Infelizmente, muitos vendedores não me vêem como consumidora, é como se eu fosse invisível por estar em uma cadeira de rodas”, contou.

Outra história que chama a atenção para esta “invisibilidade” é a das 30 travestis e mulheres transexuais em situação de vulnerabilidade, que moram na Casa Florescer, em São Paulo. “Quando falo em beleza faço conexão com a realidade destas meninas, ninguém sabe as rupturas que elas sofreram. O ato de estender as mãos é importante para ajudar estas trans a se restabelecerem, a poder assumir suas identidades. Elas precisam ser vistas como pessoas e a estética proporciona este momento de se reencontrar”, conta Alberto Silva, Gestor da Casa Florescer, que recebeu a equipe da Inoar Cosméticos em um momento de cuidados capilares e maquiagem. No vídeo da ação, apresentado no evento, muitas mulheres contam o quanto se sentiram respeitadas e realizadas naquele momento.

Durante o Congresso Cabelo & Ciência, a Inoar levantou discussões sobre as diferenças e a importância de se respeitar cada identidade. “A sociedade está passando por uma transformação e nós, como marca e indústria, precisamos nos expor para ouvir nossos clientes, aprendermos com eles e tentarmos ajudar este movimento a crescer. As pessoas não aceitam mais uma única forma de cabelo, estilo, é por isso que precisamos enxergar as necessidades reais em busca do que é mais valioso: o respeito ao indivíduo, seja ele quem for”, finaliza Inocência Manoel.

Inoar
www.inoar.com
Facebook: Inoar Brasil
Instagram: @InoarBrasil

Beleza Solidária Inoar
Facebook: Beleza Solidária INOAR

Afro-empreendedorismo e a importância da representatividade no mercado cosmético são os temas centrais do 5o Congresso Cabelo & Ciência

Promovido pela Inoar Cosméticos, evento reunirá profissionais do setor no dia 25 de junho em São Paulo.
Marca apresentará lançamento para exportação: shampoo Vegano Thermoliss para uso profissional.
As atletas Maiara Barreto e Aline Silva participarão do painel sobre Representatividade.

AF_Capa Evento Facebook_2018

São Paulo, 20 de junho de 2018 – A Inoar Cosméticos realiza mais uma vez em São Paulo o Congresso Cabelo & Ciência. Nesta quinta edição, o encontro vai abordar o Afro-empreendedorismo no Brasil, o Cabelo afro – A força está nos cachos, e a importância da Representatividade no mercado cosmético, painel que contará com a presença da atleta de natação paraolímpica Maiara Barreto, da atleta de wrestling Aline Silva, do gestor da Casa Florescer Alberto Silva e do cabeleireiro especialista em cabelos crespos e cacheados Wally Custódio.

O congresso também irá apresentar estudos da área capilar para profissionais do setor com destaque para os protocolos de aplicação do Ácido Glioxílico. Liderada pela pesquisadora associada ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) da UFSCar, onde coordena o Laboratório de Cosmetologia, Dra. Valéria Longo, a palestra “Cabelo afro. A força está nos cachos” abordará os aspectos peculiares da estrutura do cabelo afro e modificações físico-químicas, em sua estrutura, decorrentes de alisamentos básico (tioglicolato de amônio) e ácido (ácido glioxílico).

“O Brasil é considerado o maior laboratório de estudo de cabelos do mundo devido à diversidade de suas misturas étnicas. São inúmeras combinações de texturas, encaracolados e formas naturais. Assim, existe uma crescente necessidade de conhecimento da estrutura capilar resultante de diversos tratamentos químicos, segundo suas diferentes especificidades, para tratamentos cosméticos realmente assertivos. Neste painel, também apresentaremos nosso lançamento para exportação: o Shampoo Vegano Thermoliss, para uso profissional, que se destaca por ser um aliado na transição capilar, valorizando os cachos ou para múltiplos protocolos de uso, do cacheado ao liso”, afirma Inocência Manoel, da Inoar Cosméticos.

A Inoar é a empresa que lidera as pesquisas de redução de volume e alisamento com ácido glioxílico no mundo, sendo a responsável pelos pedidos de registro deste ingrediente como alisante/transformador, uma inovação no mercado cosmético.

Já na palestra “O Poder do afroempreendedorismo e o afroconsumo”, Adriana Barbosa, que é formada em gestão de eventos com especialização em gestão cultural pelo Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação (Celacc) da Eca – USP, e Presidente do Instituto Feira Preta e sócia da produtora cultural Pretamultimidia, discutirá com os participantes sobre o mercado afro-brasileiro e as expectativas em relação aos produtos cosméticos.

Para fechar o congresso, a Inoar Cosméticos convidou o Gestor da Casa Florescer, que atende 30 travestis e mulheres transexuais em situação de vulnerabilidade, Alberto Silva; a atleta de natação paraolímpica e farmacêutica formada pela USP, Maiara Barreto; a dona do melhor resultado no país na história do Wrestling, medalhista de prata no Mundial de 2014 e nona colocada nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Aline Silva; e o cabeleireiro especialista em cabelos crespos e cacheados e em transformação capilar, Wally Custódio; para discutir a importância da Representatividade no mercado cosmético, além de contar sua trajetória e falar da importância de se ver representados nos mais diferentes cenários.

“Ver os mais diferentes tipos de pessoas representadas por marcas e na mídia, não só permite sonhar e criar novas possibilidades para nossas vidas, como também ajuda a entender quem somos. É importante ver mulheres, negros, LGBTs, pessoas com deficiência e outros grupos ocupando mais espaços para que o sentimento de pertencimento ganhe cada dia mais e mais perfis, com toda sua complexidade, dentro da nossa sociedade”, reforça Inocência Manoel.

O evento, direcionado para profissionais do setor (farmacêuticos, cabeleireiros), acontecerá no dia 25 de junho, das 13h às 17h, no Estanplaza Paulista. Os participantes receberão certificado ao final do congresso.

5o Congresso Cabelo & Ciência
Dia 25 de Junho de 2018
Horário: 13h às 17h
Local: Estanplaza Paulista (Alameda Jaú, 497 – Cerqueira César, São Paulo)
www.inoar.com | (11) 4135-4555

Agenda
13:00 Credenciamento e Composição da mesa solene
13:30 Abertura
13:40 – 14:00 Palestra “O Poder do afroempreendedorismo e o afroconsumo” – Adriana Barbosa
14:10-14:30 Palestra “Cabelo afro. A força está nos cachos – Dra. Valéria Longo – Universidade Federal de São Carlos
14:45-15:15 Break
15:15-16:15 Painel Representatividade com Alberto Silva – ONG Florescer; Maiara Barreto – Farmacêutica e atleta de natação paraolímpica; Aline Silva – Atleta olímpica; e Wally Custódio – Hair Stylist
16:45 – 17h Encerramento

Projeto “Vendi minha Chanel” é apresentado por Inocência Manoel, fundadora da Inoar Cosméticos e idealizadora do Beleza Solidária

A corrente do bem da Beleza

São Paulo, 24 de Maio de 2018 – Capacitar, resgatar a autoestima, motivar a descoberta do empreendedorismo, ajudar quem mais precisa. Esta é a base do projeto Beleza Solidária, criado em 2010 por Inocência Manoel, fundadora da Inoar Cosméticos, e que já soma mais de 5 mil pessoas beneficiadas, mais de 500 alunos formados, muitos casos de sucesso iniciados pelo programa, além de apoio a diversos programas do terceiro setor e instituições. Porém, para Inocência, algo mais pode ainda ser feito.

No último dia 24 de maio, a fundadora da Inoar Cosméticos recebeu empresárias e executivas para apresentar detalhes de seu novo projeto, “Vendi Minha Chanel” (#VendiMinhaChanel), que integra as ações do Beleza Solidária, desenvolvido pela marca, no escritório da Inoar, em São Paulo.

0

“Há milhares de projetos, sociais ou de valorização do nosso país, aguardando um incentivo Brasil afora. Projetos que, com investimentos pequenos, auxiliam na geração de renda e ocupação de muitas famílias. Nós, empresários, temos que refletir sobre nosso papel no desenvolvimento do país, nas áreas sociais, política e econômica. Um país rico como o Brasil, com uma diversidade étnica e cultural fantástica e de recursos naturais, pode oferecer mais. Há 8 anos o Beleza Solidária mostra que é possível criar alternativas exitosas para gerar impacto positivo na empregabilidade tanto no Brasil como em outros países, como a África do Sul, que também tem ações do Beleza Solidária”, afirma Inocência Manoel.

O “Vendi Minha Chanel” nasceu do desejo de auxiliar pessoas e comunidades com um objeto pessoal. E sua primeira ação, o “Conexões da Água”, terá como objetivo a construção de poços artesianos no semiárido da Bahia, para atender o maior número de famílias possível, gerando renda e ocupação.

Coco Chanel, mulher visionária de alma rebelde e muito à frente de seu tempo, transcendeu sua origem humilde para eternizar um estilo minimalista, fluido, elegante, libertando as mulheres, no início do séc. XX, das barbatanas de ferro dos espartilhos. “Desnecessário afirmar minha admiração por uma mulher que se imortalizou pela simplicidade de dizer a sua verdade e construiu um império que inclui alta costura, roupas, bolsas, sapatos, joias, acessórios, cosméticos e perfumes. Inspirada nela, tive um insight sobre como poderia transformar o valor de uma bolsa Chanel em algo ainda maior. Foi olhando pela janela do carro que me dei conta de que a desejada Chanel poderia ajudar famílias a transformarem sua realidade. Então, decidi vender minha Chanel e investir neste novo projeto”, conta Inocência Manoel.

Projeto

O projeto tem como objetivo a construção de poços artesianos no semiárido da Bahia. O primeiro será perfurado em local com maior densidade populacional considerando a região rural, na perspectiva de atender o maior número de famílias possível.

O projeto prevê disponibilizar água para cultura agrícola de itens que se adaptem ao clima local (como algumas frutas e milho).

Para levantar o recurso necessário para a construção do poço artesiano, que fará conexões para distribuição entre as diversas famílias beneficiadas, a empresária compartilha com suas convidadas a iniciativa de leiloar bens pessoais para a viabilização do projeto.

O artigo que deu origem ao projeto pode ser lido na íntegra em https://pt.linkedin.com/pulse/vendi-minha-chanel-inocencia-manoel

Acompanhe pelas hastags:

#InoarBrasil #ProjetoBelezaSolidária #VendiMinhaChanel #IsoldmyChanel #vendímiChanel #J’aivendumonChanel #IchhabemeineChanelverkauft #我卖了我的香奈儿 מכרתי את העגלה שלי#

#Πώλησατοκανάλιμου #HovendutoilmioChanel بعت شاني بلدي# #私はシャネルを売った #Mivendismianŝelon #MotaỌjami #Япродал свою шанель #Şarkımısattım #Ekhetmychanelverkoop


Inoar
www.inoar.com
Facebook: Inoar Brasil
Instagram: @InoarBrasil

Beleza Solidária Inoar
Facebook: Beleza Solidária INOAR